Resenha: Mitologia Nórdica - Neil Gaiman

março 28, 2017 / Redação SOODA /

Obra reconta os contos nórdicos que vai do inicio ao fim dos tempos, pelas mãos de um dos principais autores da ficção fantástica da atualidade




A Mitologia Nórdica é um universo extremamente fascinante. Hoje ela está bastante difundida em nosso planeta, principalmente por causa das obras fantásticas de autores como Tolkien, Robert Jordan, Terry Brooks, Raymond Feist, J K Rowlling e o próprio Neil Gaiman.

Porém, apesar de muitos estudos, a maioria dos contos e lendas nórdicas se perderam, tendo em vista que eles eram difundidas de maneira oral. As principais fontes escritas acabaram se resumindo as Eddas (coletâneas de textos datadas do século XII), em prosa e em verso. Na apresentação do livro de Gaiman, ele inclusive ressalta que isso significa em parâmetro, como se a mitologia grega e romana fosse resumida aos feitos de Teseu e Hércules (Sinistro, não?)



Dessa forma, Neil Gaiman ao se propor a escrever esses contos, quis: tira-los do locus academicista, e difundi para todos, por meio de suas palavras. E assim surgiu Mitologia Nórdica, um compilado de quinze histórias, que podem se intercalar, ou não, mostrando detalhes, como o surgimento do Universo, explicações infindáveis para os vários fenômenos naturais, chegando até o fim dos tempos. Expondo, quem seus os Deuses, suas características mais que humanas, mundos e figuras mitológicas.

Inicialmente, o livro possui uma apresentação, mostrando o que levou a Neil Gaiman escrever esse livro, a falta que ele sentira sobre o assunto em seu passado, detalhes de suas pesquisas, explicando da importância da Mitologia Nórdica e de como ela deveria continuar atravessando gerações. Além disso, antes dos contos, Neil Gaiman faz uma sessão de personagens dando destaque para os três mais conhecidos, Thor, Loki e Odin, mostrando-nos que eles simplesmente não são o que aparentam ser, possuem virtudes, mas também seus defeitos gritam em nossos olhos.



Entre as histórias, Gaiman resolveu recontar algumas bastante interessantes, como a do surgimento do Universo. Assim, conhecemos os nove mundos que são amplamente difundidos na mitologia nórdica, sabemos porque o Odin é o Pai de todos e ainda é caolho, vemos essa relação entre os deuses e as várias figuras mitológicas, que em muitos casos, esses seres supremos se acham muito espertos mas tropeçam feios em suas próprias falhas.

Normalmente, os contos estão na linha entre o cômico e cabeças cortadas, mortes, tudo de maneira simples, para que todos que acessem a essa obra possam compreender perfeitamente o que tem sido abordado. Alias, Gaiman se preocupou muito com marinheiros de primeira viagem, que sabem pouco sobre a mitologia nórdica, mas isso não significa que ele não possa ser apreciado pelos mais entendidos, afinal de contas, uma história pode ser contada muitas vezes e não perder a graça, porque ela foi feita de maneira única, e isso Gaiman sabe fazer muito bem: contar histórias como se fossem únicas.



Outro detalhe que não se pode esquecer é que normalmente uma mitologia criada por um povo terá traços marcantes dessas comunidades, e isso pode ser visto em cada uma das histórias escritas por Gaiman nesse livro, como por exemplo o ato de incita-los a guerrear, que era presente na cultura nórdica, ou então apreciar uma boa cerveja. São traços que nós já vimos bastante, em Senhor dos Anéis, O Hobbit, Asterix e Obelix, e a forma como Neil Gaiman escreve nos fascina tanto quanto essas outras obras.

Ao ter Mitologia Nórdica escrito por Neil Gaiman, você tem um resumo das melhores e fascinantes histórias que os nórdicos contavam, e agora ela pode ser perpetuada para encantar cada vez mais pessoas. É apaixonante, viciante, e uma forma de o autor deixar na história da humanidade mais escritos para que a gente não caia mais na mesma falha de perder tanto dessa riqueza cultural do povo escandinavo.



Mitologia Nórdica (Norse Mythology)
Autora: Neil Gaiman
Editora: Intrinseca
Ano:2017
Skoob: 4,6 Estrelas / Goodreads: 4,2 Estrelas
Compre Aqui
04 Estrelas
Fascinado por essa mitologia desde a infância, o autor compôs uma coletânea de quinze contos que começa com a narração da origem do mundo e mostra a relação conturbada entre deuses, gigantes e anões, indo até o Ragnarök, o assustador cenário do apocalipse que vai levar ao fim no mundo. Às vezes intensos e sombrios, outras vezes divertidos e heroicos, os contos retratam tempos longínquos em que os feitos dos deuses eram contados ao redor da fogueira em noites frias e estreladas.
Autor: Neil Gaiman é um dos maiores autores de ficção fantástica dessa geração, Apesar de ter começado a sua vida com duas biografias, o autor deslanchou mesmo foi com Sandman, onde ele criou uma das maiores mitologias na atualidade. Além disso, o autor ganhou vários prêmios na área da literatura, e uma da adaptações de sua obra chegou a concorrer ao Oscar em 2009. Deuses Americanos é um de seus maiores sucessos que tem lançamento previsto para 2017.

Recomendado Para Você

0 comentários

Comente com o Facebook

Instagram