Resenha: A Espada Do Verão - Rick Riordan

dezembro 03, 2015 / Everton Assis /



A Espada do Verão (The Sword of Summer)
Volume 01, Magnus Chase e os Deuses de Asgard
Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Ano: 2015
5 Estrelas

A vida de Magnus Chase nunca foi fácil. Desde a morte da mãe em um acidente misterioso, ele tem vivido nas ruas de Boston, lutando para sobreviver e ficar fora das vistas de policiais e assistentes sociais. Até que um dia ele reencontra tio Randolph - um homem que ele mal conhece e de quem a mãe o mandara manter distância. Randolph é perigoso, mas revela um segredo improvável: Magnus é filho de um deus nórdico.
As lendas vikings são reais. Os deuses de Asgard estão se preparando para a guerra. Trolls, gigantes e outros monstros horripilantes estão se unindo para o Ragnarök, o Juízo Final. Para impedir o fim do mundo Magnus deve ir em uma importante jornada até encontrar uma poderosa arma perdida há mais de mil anos. A espada do verão é o primeiro livro de Magnus Chase e os deuses de Asgard, a nova trilogia de Rick Riordan, agora sobre mitologia nórdica.

Rick Riordan: Para os fãs "Tio Rick", nasceu em 1964, em San Antonio, Texas, Estados Unidos, onde mora com a mulher e dois filhos. Durante quinze anos ensinou inglês e história em escolas públicas e particulares de São Francisco. Além da série Percy Jackson e os Olimpianos, publicou a premiada série de mistério para adultos Tres Navarre.

A poucos dias do nosso evento literário, já está dando aquele velho friozinho na barriga, o que e normal :). Peguei A Espada Do Verão para resenhar pro evento e pra me distrair, é nossa devorei o livro muito rápido. Vou contar tudo a vocês!

O livro conta o início das aventuras de Magnus Chase de 16 anos que a dois anos mora nas ruas de Boston, após a morte misteriosa de sua mãe, porem Magnus se ver em risco quando e alertado por outro morador de rua que tem pessoas a sua procura, ele acaba encontrando um dos seus tios, o qual sua mãe sempre disse para ficar longa e tem uma bomba jogada no peito: é filho de um DEUS NÓRDICO! Dai o mundo que Magnus conhece muda totalmente.

Magnus a princípio e levado por engano para Valhala, lugar aonde pessoas que morrem de forma honrosa são levadas para servir no exército do Pai Odin. Após saber que faz parte de uma profecia que pode acarretar no início do Ragnarök (sim também pensei naquele rpg online haha), no meio disso ele conhece Samirah, que pode ser a sua salvação ou a morte (suspense).



Mesmo o elo de amizade de Magnus só crescendo ao longo da história, com seus parceiros de rua, que são na verdade criaturas magicas e com os vizinhos de andar em Valhala, Magnus tem uma certa desconfiada de tudo e de todos, talvez pelos anos morando nas ruas, o que ajudara ele nas próximas aventuras.

O que mais me intriga e como Rick vai inserir os personagens que nos cativaram nas suas sagas anteriores, em A Espada do Verão, temos a filha de Atena/Minerva Annabeth que vem como a prima de Magnus, sua aparição e bem rapidinha, mas tira nosso suspiro esperando por algo a mais (vamos ter fé que ela vai chamar a rapaziada no segundo livro).

"— Então! — disse ela. — Está pronto para negociar aquele favor?
— Com um pombo mutante que rouba falafel? Não, obrigado!"(pag.216)


O livro e narrado pelo ponto de vista do Magnus o que deixa a leitura leve, a cada início de capitulo temos um comentário hilário de Magnus, o que deixa a história bem hilária. Tenho certeza que Rick se inspirou naquele nosso amigo que sempre tem uma piadinha pra contar da situação. Sem falar nos títulos de cada capitulo.



Como adoro Rick Riordan por saber misturar mitologia a fantasia do modo que a gente aprende com cada situação, assim como fez em Percy Jackson (mitologia Grega e Romana) e nas Crônicas dos Kane (mitologia Egípcia), nessa nova saga ele nos apresenta a mitologia NÓRDICA, já conhecido por muitos, lembram da temporada no anime de Saint Seya (Cavaleiros do zodíaco aqui no Brasil) ou pelos próprios filmes e desenhos de Thor (filho do Pai Odin, aquele do martelinho haha), as lendas vikings serão pano de fundo dessa novas aventuras.



O livro levou 5 estrelas por que faz a gente querer saber mais, se aprofundar na história e até fazem a gente gostar de certos os vilões é por nos trazer de volta a esse mundo mitológico que adoramos.

Skoob: 4.5 Estrelas
Goodreads: 4.26 Estrelas

Recomendado Para Você

6 comentários

Comente com o Facebook

Instagram