Resenha: Carol - Patricia Highsmith

fevereiro 18, 2016 / Everton Assis /


Carol (The Price of Salt)
Patricia Highsmith
Editora: L&PM Pocket
Ano: 2006
Indicações: Melhor Atriz, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Fotografia, Melhor Figurino, Melhor Trilha Sonora.
03 Estrelas

O polêmico livro foi publicado na época como The Price of Salt, sob o pseudônimo de Claire Morgan. Na história, Therese Belivet trabalha como vendedora na seção de bonecas de uma loja de departamentos. O emprego funciona como um bico para juntar dinheiro: o que ela de fato quer é construir uma carreira como cenógrafa de teatro. É época de Natal em Nova York, e a loja está lotada. Em meio a tantos rostos desconhecidos, Therese fica hipnotizada ao ver uma distinta cliente se aproximar. É Carol. “Alta e clara, com um longo corpo elegante dentro do casaco de pele folgado (...), seus olhos eram cinzentos, claros e, no entanto, dominadores, como luz ou fogo”.
Assim começa o romance entre a jovem Therese e Carol – recém-separada e mãe de uma filha –, um amor repentino e fatal, que se transforma em uma constante troca de experiências. Mas, numa tentativa de escapar dos olhares reprovadores dos amigos e familiares, elas saem de carro em uma viagem pelos Estados Unidos. Essa aventura acaba se tornando perigosa quando elas percebem que estão sendo seguidas por um detetive.


Escritora: Patricia Highsmith - Foi uma escritora estadunidense famosa pelos seus thrillers criminais psicológicos. Tornou-se mundialmente famosa por "Strangers on a Train", que teve já várias adaptações para cinema, a mais famosa de Alfred Hitchcock em 1951, e pela série "Ripliad" com a personagem Thomas Ripley. Escreveu também muitas histórias curtas, frequentemente macabras, satíricas ou tingidas de humor negro. Morreu em 1995, na Suíça.



Resenha: O Natal se aproximava e lá estava Therese Believet em seu trabalho temporário numa loja de brinquedos, um trabalho que não lhe agradava nenhum pouco. Em um desses dias tediosos, acaba atendendo uma mulher que estava atrás de um presente para sua filha, Carol Aird que possuía uma beleza e um suave mistério que envolve Therese a ponto de enviar um cartão com felicitações. Após este envio, sua vida sofre uma reviravolta inesperada (ou desejada a muito tempo).

Aquele pequeno ato, resultou em um almoço aonde já é destacado o sentimento de Therese nutrido por Carol. Houveram outros encontros e assim, vamos descobrindo um pouco das duas com o desenvolvimento desse relacionamento. Carol está em processo de divórcio e resolve realizar que uma viagem por algumas cidades do Estados Unidos . Ela convida, Therese que já tem um sentimento, digamos obsessivo e aceita, na hora, viajar. Deste ponto é que a trama do livro se desenrola.



Therese até este agora tinha um relacionamento com Richard, posso dizer que figurativo, pois ela só estava empurrando com a barriga.Vale ressaltar, que a história se passava em um período com uma sociedade completamente machista (Década de 1950) que reprovava o relacionamento homoafetivo (o que ainda não mudou para algumas pessoas) me deixando surpreso a reação de Richard, que resolveu apenas alertar-la (talvez porque dizia que amava ela), ao saber que deixaria tudo para viajar com Carol (um tanto desconhecida até então). Porém, no decorrer do livro, ele mostra de fato o quanto desprezava Therese por ter deixado-o (para o azar dele, ela já era outra mulher, Rá!!!).



A viagem foi realizada de carro por várias cidades no Oeste do país e se torna o foco principal do livro a partir de seu inicio. Entre um hotel e outro, o amor entre as duas se solidifica, mas também é cheio de reviravoltas (um tanto desagradáveis), o que não tira a força de Carol e a esperança de Therese, mas, por um motivo de força muito maior. Carol tem que abandonar (block mesmo) Therese, A jovem garota nesse momento se ergue como uma nova mulher, mas sempre tendo em mente o seu amor por Carol.

Problemas na leitura sempre aparecem, aqui não foi diferente, em vários momentos fui pego com a falta de cuidado com o tempo em algumas cenas, mas não tirou o valor que a leitura nos traz, O que nos faz refletir sobre alguns atos em nossas vidas.



Skoob: 3.9 Estrelas
Goodreads: 3.9 Estrelas

E não se esqueçam Soodinhas, no próximo dia 27/02 teremos evento, no Cine-Teatro do Aslan Gentil, esse livro estará entre os apresentados. E fiquem de olho que vem mais resenha de livros que tiverem filme adaptados e estão concorrendo ao Oscar esse ano. E domingo tem resenha extra. o próximo livro será...


Recomendado Para Você

0 comentários

Comente com o Facebook

Instagram