Entrevista com Becky Albertalli (Simon VS a Agenda Homo Sapiens) + Sorteio

abril 09, 2016 / Redação SOODA /

Becky Albertalli

Olá pessoal, hoje trazemos mais uma entrevista para vocês, e genteeee, com certeza foi uma das melhores que fizemos até hoje. Essa é a nossa segunda entrevista internacional (terceira se for contar a da Helene Wecker no #Darkloveday), estamos falando de Becky Albertalli, autora norte-americana do livro "Simon Vs a Agenda Homo Sapiens" lançado em fevereiro pela Editora Intrínseca aqui no Brasil.

Na verdade conheci essa obra a alguns meses atras (em julho pra ser mais preciso), em um vídeo no canal do youtuber Vitor Martins (Acesse aqui), onde ele comentava de dois livros, One Man Guy (do qual já tinha lido e amei, tem resenha aqui) e Simon Vs The Homo Sapiens Agenda, pensei... "Hum... Quero".Então, já vinha pensando em comprar a Edição em inglês, até que a Editora Intrínseca lançou no último mês de fevereiro a edição brasileira da obra, nem pensei duas vezes. Para vocês terem uma ideia, já tinha comprado a edição em Pré-venda e ela não chegava, então um dia em uma livraria vi ele, comprei de novo (O Louco dos Livros) e logo depois dei espaço a leitura dessa obra maravilhosa.

Para quem ainda não conhece, Simon Vs a Agenda Homo Sapiens conta a história de Simon, um garoto de 16 anos, que é gay, e tem um relacionamento na internet com Blue (um pseudônimo de algum garoto da escola), onde eles ficam trocando e-mails. Porém em um dia qualquer, Simon acaba esquecendo o e-mail aberto. Aí então aparece a figura do Martin que decide chantagea-lo (não consegui odiá-lo por isso) e Simon vive num dilema de "sair do armário" para as outras pessoas.

Confira a nossa resenha aqui

A autora desse livro, Becky Abertalli nasceu no surbubio de Atlanta, escreve desde a época do colegial, fascinada por Animes e Harry Potter, desde muito nova. Se formou em psicologia e trabalha a sete anos com um grupo de jovens com gêneros indefinidos (Confesso que nem sabia que tinha um grupo assim). Com isso, você percebe o cuidado que a autora teve em trabalhar com esse livro. E na entrevista não foi diferente, ela contou mais sobre Simon, personagens, o pouquinho sobre ela e o que vem pela frente. Confira a entrevista abaixo com essa autora maravilhosa. Para quem quiser conferir a entrevista no idioma oficial da autora, confira o PDF no final dessa página:



Sobre os Olhos da Alma: O livro é sobre aceitação e mostra o momento em que isso (a homoafetividade) pode ser mais simples do que imaginamos, que depende da gente. Então, você acredita que jovens podem atravessar (momento de sair do armário) facilmente? Como?
Becky Albertalli: Boa pergunta! Eu acho que existe, em geral, uma tedência a aceitar melhor a identidade LGBTQIAP+ (reduzido para LGBT no português), o que é incrível de ver. Entretanto, eu sou uma grande crente no significado do contexto. Então, para Simon, sair do armário foi um momento relativamente honesto e positivo. Outras pessoas tiveram experiências similares ou diferentes, dependendo de onde elas vivem, o que suas famílias achavam além de muitos outros fatores. É por isso que eu nunca quero dar conselhos gerais sobre sair do armário. Ao invés disso eu definitivamente recomendo que no caso do Simon, as pessoas tirem proveito dos recursos online como o “Projeto Trevor” e “GLSEN”, onde eles são conectados com as comunidades de pessoas que tem uma conexão mais profunda do que eles passam.

Sobre os Olhos da Alma: Seu livro fala sobre relacionamento homoafetivo onde as pessoas no início têm medo de mostrar os seus rostos, mas com o tempo vão mudando de perspectiva, porque você acha que o livro se direciona por esse caminho?
Becky Albertalli: Sim, eu acho que a conexão de Simon e Blue nasceu do simples fato que é normalmente mais fácil dividir coisas pessoais com um estranho. Para proteger suas identidades eles foram capazes de dividir coisas que eles não se sentem confortáveis de dividir com seus amigos próximos ou parentes. Entretanto, claro, eles terminaram se interligando de maneira muito mais pessoal e eu acho que a curiosidade de Simon em relação a identidade de Blue acabou fazendo com que ele abaixasse a guarda.

Sobre os Olhos da Alma: Internet é uma coisa tão importante para entender o crescimento dos personagens. Você acha que a vida virtual contribui com a vida real das pessoas? Seus medos, felicidades e outros momentos?
Becky Albertalli: Eu absolutamente acho sim. Eu acho que muita gente minimiza os relacionamentos online como menos “reais” que os relacionamentos presenciais. Eu odeio isso porque eu acho que as amizades online podem ser incrivelmente apoiadoras e autênticas. Isso vale particularmente para jovens LGBTQIAP+ que podem não ter acesso a um suporte de pessoas no mundo real (e que podem não estar presentes, por muitas outras razões)



Sobre os Olhos da Alma: Simon foi chantageado por Martin durante parte dessa história, porém eu não consigo sentir raiva dele, e acho que muitas pessoas também sentem o mesmo que eu. Você fez isso propositalmente? Você acha que se não fosse Martin, poderia ser outra pessoa? Você acha que isso deveria acontecer de qualquer jeito?
Becky Albertalli: Eu não sei seu eu tinha qualquer intenção que as pessoas sentissem algo em relação a Martin (E pessoas tem opiniões diferentes sobre ele! Isso é tão bom de ver). Eu queria projetar Martin como uma regular e imperfeita criança humana. Ele não é um diabo e certamente não é o bonzinho. Eu gosto de pensar que sem Martin, Simon teria uma chance de sair do armário nos seus próprios termos (Eu odeio imaginar a chantagem como um cenário comum). Mas haveriam outras pessoas capazes de fazer isso com Martin? Absolutamente. Martin não é o único que teria essa atitude. Ele somente fez alguma coisa cruel e muito impulsiva sem (eu acho) entender todas as implicações dos seus atos.

Sobre os Olhos da Alma: Amigos são muito importantes em todos os momentos. Na sua história não seria diferente. O quão importante são os amigos de Simon nessa história?
Becky Albertalli: Os amigos de Simon são incrivelmente importantes para a história dele. Uma revelação completa: Eu nunca namorei no Ensino Médio, então quando eu tinha a idade de Simon, meus amigos eram TUDO. Eu queria que Simon tivesse esse coeso, mas complicado, grupo de amigos, para se apoia-lo e desafia-lo. E eu queria que Simon fosse um personagem que retribuísse essa amizade também.

Sobre os Olhos da Alma: Porque você colocou Oreo? Eu sei que eles são deliciosos, mas existe alguma história além disso?
Becky Albertalli: Essa é fácil? Oreo é a minha comida favorita.

Sobre os Olhos da Alma: Você conhece o Brasil? Se sim, o que você gostou muito? Se não, o que você tem mais desejo de conhecer? Você pretende vir ao Brasil?
Becky Albertalli: Eu nunca estive no Brasil, mas eu desesperadamente quero ir! Eu sempre tive interesse em visitar, mas agora eu tenho tantos leitores que eu adoraria encontrar pessoalmente (sem contar meu maravilho time na Intrinseca). Eu espero ter uma chance um dia.

Sobre os Olhos da Alma: Você tem outros projetos de livros? Poderia dizer um pouquinho sobre eles?
Becky Albertalli: Sim, eu tenho um companheiro para SIMON que estará entre os lançamentos de 2017. É sobre amigos e família que Abby deixou pra trás em Washigton, DC e a personagem principal é uma judia, ansiosa e gordinha (como eu !). Espero ver muito de Abby e um pouco de outros familiares e amigos dela, incluindo Simon.

“We have below a Interview with Becky Albertalli, author of Simon Vs the Homo Sapiens Agenda. If you want to see it in English”





E claro, com o lançamento dessa entrevista super maravilhosa, nós do Blog Sobre os Olhos da Alma e a Editora Intrínseca fizemos uma parceria sensacional, que fará um sorteio super especial para vocês. Quem sabe você possa levar pra casa uma edição desse livro maravilhoso da Becky Albertalli

Quer Participar? É bem simples, você precisa ter endereço em território brasileiro, preencher o Formulário abaixo, no período de 09/04/2016 a 22/04/2016, e lembre-se, a cada tarefa cumprida você tem mais chance de ganhar o livro abaixo, vai perder? O resultado sairá, no dia 24/04/2016 (Logo após o feriadão de Tiradentes). Então não perca essa chance, participe:

a Rafflecopter giveaway

Recomendado Para Você

2 comentários

Comente com o Facebook

Instagram