[Semana Jovem Adulto] Resenha: Eu, Você e a Garota que Vai Morrer - Jesse Andrews

junho 07, 2016 / Redação SOODA /

Eu, Você e a Garota que vai Morrer (Me, and Earl and The Dying Girl)
Escritora: Jesse Andrews
Editora: Selo Fábrica 231 (Editora Rocco)
Ano: 2015
04 Estrelas

Livro que deu origem ao filme vencedor do Festival Sundance 2015, nas categorias Público e Crítica, com estreia marcada para 12 de junho nos EUA, Eu, você e a garota que vai morrer é uma mistura perfeita entre drama e humor e um retrato preciso da adolescência em face do amadurecimento. Na trama, Greg tem apenas um amigo, Earl, com quem passa o tempo livre jogando videogame e (re)criando versões bastante pessoais de clássicos do cinema, até a sua mãe decidir que ele deve se aproximar de Raquel, colega de turma que sofre de leucemia. Contrariando todas as expectativas, os três se tornam amigos e vivem experiências ao mesmo tempo tocantes e hilárias, narradas com incrível talento e sensibilidade. Crossover com enorme potencial no segmento young adult, o romance é perfeito para fãs de livros e filmes como A culpa é das estrelas e As vantagens de ser invisível.

Autor: Jesse Andrews é escritor e músico. Já trabalhou como guia de turismo, recepcionista de um hostel na Alemanha e autor de livros de viagem. Nasceu eu Pittsburgh, nos Estados Unidos, estudou na Universidade de Harvard e hoje mora em Los Angeles. Eu, você e a garota que vai morrer é seu primeiro romance.

Câncer é sempre tratado como algo extremamente complicado, delicado (Não falo do signo, mas da doença, apesar de que pessoas do signo de Câncer às vezes são difíceis, #treta). Isso ocorre, por causa da devastação que a doença e seus tratamentos trazem ao ser humano.

Porém temos visto alguns livros lidando com essa doença de maneira um pouco mais amena, afinal usa-la sempre como um tabu, fará com que ela seja sempre um tabu, um sofrimento nas pessoas que adquirem a doença.

Acredito que pensando nisso, Jesse Anderws resolveu escrever esse livro, trazendo a temática de câncer em voga, porém de maneira tão tranquila que você se espoca de rir do inicio ao fim desse livro.



O enredo conta a história de Greg, um adolescente, "relativamente normal", que tenta sobreviver aquela fase de nossa vida que nós queremos desaparecer (ta certo, nós não, mas eu queria): O Ensino Médio. Nisso, ele tenta passar desapercebido, através de várias táticas que ele vai ensinando para os leitores (ele interage muito com a gente).

Passando junto com ele por essa fase ele conta com um único "colega de trabalho = amigo": Earl, Um garoto negro que vem de uma família toda desestruturada o que reflete na forma dele viver, o que não significa que ele é um garoto problemático, talvez seja só um pouco... Porém, ele é muito inteligente, tanto que acaba tirando boas notas em disciplinas que Greg só falta se matar de estudar (Dá um ódio de pessoas assim... heheheh).

Num desses dias qualquer da adolescência, sua mãe chega a ele com uma revelação um tanto bombástica de que uma, coleguinha que ele "gostava", está com um câncer, especialmente raro... Porém, a mãe não se prende a contar a ele que a menina tem câncer, mas que ele deve visita-la e usar o seu jeito engraçado para distrai-la da doença.



Ele sem muitas alternativas, acaba sendo levado até a casa da jovem garota e tendo um "primeiro encontro amigo" meio esquisito. Afinal, o que fazer quando se descobre que alguém que você conheceu a anos esta com câncer? difícil né!!!

Depois disso, ele passa a visita-la várias vezes e assim construindo uma boa relação da amizade. Aí, vocês me perguntam, e Earl? Veio acompanhado no bolo da amizad... ops, coleguismo.

Nesse meio tempo, descobrimos que Earl e Greg tem um projeto juntos, de regravações de filmes à maneira deles. E devido à velha chantagem da "garota com câncer" esses filmes chegaram a mão de Rachel que simplesmente adorou, passava dias e dias rindo daquelas adaptações.

Nesse contexto surgiu a ideia de um filme para Rachel, mas será que isso realmente sairia como esperado? Além disso, Rachel estava morrendo, então daria tempo dela assistir a homenagem antes de chegar o dia em que ela não acordaria mais? Esse dia chegaria??

Gente, essa história é apaixonante, primeiro por causa da narrativa rápida e engraçada de jesse. Ele conta a história pra gente em primeira pessoa, como se fosse uma espécie de bate-papo entre o leitor e o personagem, adorei isso, te traz uma empatia muito grande com o personagem, apesar dele ser meio zé mané de vez em quando.



Em vários momentos a história vira um verdadeiro roteiro, do tipo "Greg respira e Diz... " o que torna a história mais ágil ainda, dessa forma a leitura se torna muito interessante e rapidamente você finaliza o livro. Além disso, você fica imerso aos pensamentos de Greg, e gente, que adolescente mais sem noção? Pior, é difícil não ler e perceber que em algum momento a gente já pensou dessa forma, durante algum período de nossas vidas, o que faz a gente parar e não julgar Greg pelas leseiras que ele faz... hahahaha.

Não vou dizer que não existam vários momentos que se fique entristecido com a história, afinal, estamos falando de câncer, então por mais engraçada que seja a história, vez ou outra você percebe qual o tema o qual é abordado nesse livro. Porém o que vale ressaltar é que: O livro não é sobre uma garota que tem câncer e sim sobre como as adolescentes ao seu redor e vêem ou podem lidam com uma garota que tem câncer.

Depois de finalizar o livro, percebe-se o quanto é importante a figura que estão ao redor das pessoas doentes, e percebe-se ainda mais, o quanto as pessoas podem nos mudar, independente se elas estão doentes ou não, isso faz parte da nossa vida em sociedade, essa via de mão dupla, quase sempre vai existir.

No mais "Eu, Você e a Garota que Vai Morrer" trata da vida e doença, de modos que todos nós possamos compreender que elas andarão juntos, que o sofrimento fisico é inerente, mas as dores do coração, essas podem ser amenizadas sempre. Até a próxima soodinhas...

Confira o Trailer do filme lançado em 2015



Skoob: 3,1 Estrelas
Goodreads: 3,59 Estrelas
E Não se esqueçam galera, no próximo dia 12/06, teremos evento em Belém do Pará abordando os Romances YA.



Recomendado Para Você

0 comentários

Comente com o Facebook

Instagram