Resenha: Nimona - Noelle Stevenson

outubro 11, 2016 / Francisco Soares Chagas Neto /

Uma história com ar de medieval, com muita ciência, magia, anti-heróis, conspirações, entre outras coisas, que fazem um mix hilariante e recheado de tudo que uma boa história deveria conter



Nimona (Nimona)
Autora: Noelle Stevenson
Ano: 2016
Skoob: 4,4 Estrelas / Goodreads: 4,17 Estrelas
Compre Aqui
5 Estrelas
Nimona é uma metamorfa sem limites nem papas na língua, cujo maior sonho é ser comparsa de Lorde Ballister Coração-Negro, o maior vilão que já existiu. Mas ela não sabia que seu herói possuía escrúpulos. Menos ainda uma deliberada missão.
Até conhecer Nimona, Ballister fazia planos que jamais davam certo. Felizmente, a garota tem muitas sugestões para reverter esse quadro. Infelizmente, a maioria envolve explosões, sangue e mortes. Agora, Coração-Negro não só tem que enfrentar seu arqui-inimigo e ex-amigo, o célebre e heroico Sir Ambrosius Ouropelvis, mas também impedir que a fiel comparsa destrua todo o reino ao tentar ajudá-lo.
Uma história subversiva e irreverente que mistura magia, ciência, ação e muito humor sobre camadas e mais camadas de reflexão – entre uma batalha e outra, é claro.

Autora: Noelle Stevenson é quadrinhista e Nimona é seu quadrinho de maior sucesso, com vários prêmios na internet, tendo ficado em segundo lugar no Prêmio Goodreads de 2015. Stevenson também foi convidada para escrever para DC e Marvel e outro quadrinho dela tem feito bastante sucesso no mundo: Lumberjanes, que também ficou entre os melhores no prêmio Goodreads de 2015. Além disso, Nimona já foi confirmado para virar um longa pela Fox Studios.



Existem histórias que ao ler a sinopse, você se pergunta no que isso vai dar? Em Nimona é mais ou menos assim, você encontra as palavras Metamorfa, Ciência, Magia, Anti-heroísmo, Idade Média, um mix que poderia tornar essa história em total nosense. E aí você se pergunta: "No que isso vai dar?", eu te respondo: "no melhor quadrinho que li em 2016".

Nimona é uma Metamorfa, ou seja um personagem que pode se transformar no que ela quiser (tirando algumas regrinhas clássicas).Um dos grandes desejos dela é se tornar uma grande vilã, com isso ela se une ao Lorde Ballister Coração - Negro, um vilão com uma grande vocação para a ciência, mas que por algum motivo (explicado na história) seus planos "malignos" nunca dão certo

Ao se unirem, os planos de Coração-Negro começam a dar certo, ou quase certo, porque ele possui uma certa ética em relação a matar pessoas, o que não é o caso de Nimona, e às vezes ele simplesmente precisa desistir de levar o seu plano maligno a frente para salvar as pessoas de sua comparsa (Que louco, não?). Enfim, a questão é que agora Coração-Negro está mais próximo de provar que ele estava certo, e o Centro de Heróis e o seu arqui-inimigo (ou não?) Ouripelvis estão errados.



IDADE MÉDIA, CIÊNCIA OU MAGIA?

Uma das coisas mais interessantes de Nimoma é mesclar esses três pontos. A ambientação é totalmente medieval, com um reinado, roupas e armaduras condizente com a época. Porém, esse povo é bastante evoluído no que concerne a ciência, com armamentos extremamente moderno com o uso de ciência avançada, que também pode explicar coisas relacionadas a magia. Sim, nesse local existe magia (A protagonista é uma metamorfa, ainda não tinha sacado a magia aí?), e existe uma explicação quase cientifica para ela, tornando a história bastante interessante.

HERÓI, ANTI-HERÓI, OU VILÃO?

Outro ponto interessante é a falta de heróis, anti-heróis e vilões. Calma, a disputa entre heróis e vilões existem, mas quando você olha a obra por vários pontos de vistas, vai ficar extremamente em dúvida em quem seja o "bom" e o "mau", e quem é o teleguiado (sempre tem um). A história segue um caminho já trilhado por "Meu Malvado Favorito" e "Megamente", porém com algumas nuances diferentes e tudo vai depender da forma como você queira ver a história.



PERSONAGENS CATIVANTES

Na história aparecem vários personagens que você imagina: "Queria ser amigo deles". O primeiro é Coração-Negro, que perdeu uma briga com seu arqui-inimigo e consequentemente o seu braço também. Ele, apesar de ranzinza é um vilão daquele que amamos odiar. Além dele conhecemos Ouripelvis (que nome?) o herói treinado num centro especifico para isso. Ele tem uma relação intensa com seu arqui-inimigo Coração-Negro, se "odeiam" profundamente, porém a gente percebe com o andar da história que isso está mais relacionado à mágoa do que a briga entre vilão e mocinho.

E claro, para completar o time de protagonistas está Nimona uma jovem extremamente inteligente e perspicaz que tem uma história um tanto misteriosa que pode torna-la uma arma extremamente perigosa para todo mundo (independente se é bom ou mal), enfim, Coração-Negro aos poucos parece ser a única pessoa que vale a confiança de Nimona, e tão logo a nossa confiança também.



Então:

  • Se você é amantes de quadrinhos;
  • Apaixonado por histórias que não possuem vilões ou mocinhos;
  • Histórias medievais com toques steampunks

Essa história, definitivamente é para você

Recomendado Para Você

0 comentários

Comente com o Facebook

Instagram