Incrições para o Prêmio Fox-Empireo de Literatura encerra-se no próximo dia 06 de Março

fevereiro 22, 2017 / Redação SOODA /

Com objetivo de incentivar a escritores paraenses, o prêmio dará ao vencedor, a publicação de seu romance, pela Editora Empíreo




Sabe-se que no Brasil, o mercado literário é bem difícil. Especialmente em regiões mais distantes, como os estados do Norte do País. A fim de superar esses limites, a editora Empíreo e Livraria Fox se uniram e criaram a Feira Literária do Pará - FLIPA, sendo uma grande vitrine de obras paraenses. O evento tem dado certo no que diz respeito ao incentivo a leitura e venda de livros escritos por paraenses.

Nesse processo, também surgiu a oportunidade de captar novos autores. Assim, desde de 2015 a Literatura Paraense possui um premiação que incentiva esses novos escritores a publicarem as suas obras: o Prêmio Fox-Empireo de Literatura. Esse ano a premiação está na 3° edição, e tem inscrições previstas até o próximo dia seis de março.

Podem se inscrever na premiação, qualquer autor paraense, ou ainda que exerça a profissão no Estado do Pará que tenha um romance, o qual nunca tenha sido publicado em sua totalidade (aceito publicações que tenham capítulos na internet, desde que não ultrapasse 25% do total da obra), em formato impresso e/ou online.


Entre os benefícios, o vencedor dessa edição, terá sua obra publicada pela Editora Empíreo, com tiragem inicial de 500 exemplares,com lançamento na Flipa 2017, prevista para acontecer no mês de outubro. Além disso, ou autor ganhará 10% sobre o valor de cada exemplar vendido nas livrarias.

As obras poderão abordar qualquer temática, a exemplo disso estão os próprios vencedores de 2015 e 2016. No primeiro ano, o vencedor foi o autor Alfredo Oliveira, com o livro Belém, Belém que tem como protagonista a capital do Estado do Pará, sendo considerado uma obra que se aproxima as narrativas clássicas da literatura da Amazônia. Já no ano seguinte, o vencedor foi o jornalista Ingo Muller, que traz em sua obra uma fantasia cravada no coração da floresta amazônica e uma protagonista extremamente forte.

Entre os jurados dessa edição, estão os escritores paraenses Andrei Simões, e Roberta Spindler, ela que inclusive terá esse ano uma obra publicada pela Suma de Letras, editora que faz parte do Grupo Companhia das Letras. Além da sócia e proprietária da livraria Fox, Deborah Miranda e o editor da Empíreo, Filipe Larêdo.

Confira o vídeo dos autores vencedores da edições anteriores, e como prêmio foi importante em suas carreiras:




Recomendado Para Você

0 comentários

Comente com o Facebook

Instagram