Resenha: Coração de Aço - Brandon Sanderson

março 02, 2017 / Francisco Soares Chagas Neto /

Obra voltada para o público jovem, retrata a busca por uma vingança que ao longo da história se transforma em uma jornada do herói, onde a inteligência e perspicácia pode ser o maior dos super poderes




Imagine você vivendo em um mundo, onde pessoas se tornaram super poderosas, ou quase invencíveis. E que ao invés de ajudar, essas pessoas se tornam más, reféns de seus próprios poderes. Agora imagine, você saindo com um familiar seu e fosse encurralado por aquele que seria o mais forte desses super vilões, e de repente, ele assassinasse o seu parente, mas você descobre assim a fraqueza desse super homem da maldade. Você passaria a caça-lo, durante toda a sua vida? Então, David, o verdadeiro protagonista de Coração de Aço passou por isso, e você sabe o que ele fez? É o que vamos tentar falar um pouco para vocês a partir de então...

Nessa história, por algum motivo, ainda não muito bem explicado, vários humanos passaram a ter super poderes, como regeneração, pele impenetrável, autoreincarnação, ilusionismo, criação de energia, entre outros. Porém, diferente dos heróis que vemos ao longo dos anos nos vários quadrinhos e filmes, esses seres utilizam toda a sua força para a prática da vilania, deixando assim as cidades um verdadeiro caos, transformando as pessoas comuns em escravos ou matando-os sem motivo aparente.

A única exceção é a cidade de Nova Chicago, que é extremamente organizada, com luz elétrica, relativamente desenvolvida, e moldada em uma estrutura de aço. Isso acontece, porque um dos maiores Épicos (como são chamados esses seres sobre naturais), tomou essa cidade para si, depois de matar Dedo da Morte, em um incidente que culminou na morte do pai de David, que então jurou vingança a esse Épico, que era visto como o maior de todos os tempos: Coração de Aço.

Mas engana-se quem acha que a cidade que Coração de Aço construiu era um lugar ótimo para se viver. Claro, era bem estruturada, em relação, as outros locais em todo o mundo, onde só haviam sobras de destruição. Porém lá, os humanos deveriam trabalhar como escravos (ou quase) e Épicos os matavam sem nenhum motivo aparente. Tanto que David crescera trabalhando durante toda a sua infância, e ao chegar a idade adulta, deveria dar um jeito em sua vida.

Acontece que junto ao seu crescimento, também desenvolvera uma sede de vingança em relação a destruir aquele que matara o seu pai, e achou o grupo perfeito para isso: Os Executores.



EXECUTORES

Essas pessoas eram a resistência dessa sociedade, normalmente eram seres humanos que não se contentavam em serem subjugados pelos vilões, e assim viviam em um método meio anarquista de matar Épicos. De certa forma, eles nem se importavam em quem ficariam no lugar, mas enquanto houvessem Épicos usando seus poderes para o mal, lá eles estavam.

ENTRE HERÓIS E VILÕES

Sanderson trouxe uma proposta diferente entre essa questão de heróis e vilões. É comum a gente ver anti-heróis, como em Batman, ou áreas que já são protegidas pelos heróis e os vilões tentam transformar, como Superman. Claro, existem centenas de outras versões desse espectro, principalmente na pós modernidade, com a humanização de muitos desses heróis. Porém nessa história, os super vilões são os "donos da porra toda", e continuam batalhando entre si, para saber quem tem mais poder e nesse meio, estamos nós meros mortais, que facilmente somos subjugados e mortos. E nesse meio, surgem humanos "normais" (impossível alguém normal como David), responsáveis por tentar destruir essa cadeia, sendo talvez os verdadeiros heróis dessa história.

Talvez uma das coisas que tenha inspirado Sanderson nessa construção, são os games, onde você a cada fase precisa lutar com um super vilão mais forte, até chegar ao chefão e assim zerar o jogo, porém durante a história existem uma série de pegadinhas e plot twist que são extremamente eletrizantes e provavelmente deixarão vocês, assim com eu, de cabelo em pé.

Enfim, confesso a vocês que o final desse primeiro livro, foi bastante imprevisível a meu ver e que essa se tornou uma das minhas histórias de heróis x vilões já lidas até hoje (2017). Com certeza, não espero menos dos próximos livros, que de acordo com a Editora Aleph, devem chegar até o final desse ano.

“Todas essas armas não o assustam. Não serão elas que vão derrota-lo. Será a pessoa esperta o bastante, inteligente o bastante para descobrir a rachadura na armadura dele”. Posição 1963 Kindle




Coração de Aço (Steelheart)
Série Os Executores (Reckoners #01)
Autor: Brandon Sanderson
Editora: Aleph
Ano: 2016
Skoob: 4,6 Estrelas / Goodreads: 4,15 Estrelas
Compre Aqui 05 Estrelas
Coração de Aço, de Brandon Sanderson, é o primeiro volume da série Executores. A obra apresenta uma distopia na qual misteriosamente, pessoas de diferentes origens recebem superpoderes, mas são corrompidas por eles e tornam-se vilões. Após tomarem o controle das cidades, eles criam uma realidade terrível, submetendo os humanos a uma vida de servidão, ou morte. Tudo parece perdido e não há esperança para a humanidade, até que pessoas comuns formam um grupo de resistência chamado Executores, que investiga a fraqueza dos Épicos e os caça, um a um.

Autor: Brandon Sanderson tem sido considerado um dos maiores autores de fantasia da atualidade. Suas obras mais conhecidas são Mistborn, continuação da Roda do Tempo, Elantris e Coração de Aço. Porém, o autor possui dezenas de projetos paralelos, e costuma lançar dois a três livros por ano. Sempre com a mesma qualidade.

Recomendado Para Você

0 comentários

Comente com o Facebook

Instagram