Vem Aí: Apenas uma Garota - Meredith Russo (Editora Intrínseca)

março 30, 2017 / Francisco Soares Chagas Neto /

Obra escrita por uma autora trans, traz à tona discussão sobre os transgêneros para os jovens




Nos próximos meses chega no Brasil pela Editora Intrinseca "Apenas uma Garota", livro de estreia da autora Meredith Russo. O livro que tem uma média de recomendações 4.0 no Goodreads, e concorreu no ano passado como melhor obra para jovens adultos na referida rede social, vai contar a história Amanda Hardy, uma garota que se muda para uma pequena cidade do Tennessee, e que tenta como qualquer garota buscar amigos e se encaixar. Porém ela esconde um segredo, que no seu ponto de vista pode ser bem impactante. A jovem então se apaixona por um garoto, mas a cada dia se ver apavorada e frente a essa revelação de sua história. Ela então se ver numa luta interna e medos de que as pessoas, possam não a ver como ela sempre foi, uma jovem comum.

Um dos principais temas abordados no livro é a questão da pessoa Trans, e suas dificuldades em assumir a sua nova identidade. Recentemente, o assunto tem tido bastante destaque no Brasil. Desde 2008 O Ministério da Saúde criou uma Portaria que apoia a pessoa Trans, pelo SUS. O resultado é que cerca de 240 cirurgias já foram realizadas até 2014, além de outros 6 mil procedimentos ambulatoriais.

A obra tem sido bem recebida pelo público, que apresenta desde a sua capa, uma transgênero, mostrando assim, uma preocupação que a editora e a autora tiveram com o público.

Além disso, a obra tem sido bem recebida pelo público trans que acredita que a autora conseguiu transmitir imensamente os sentimentos sentidos quando passaram pela mesma fase da protagonista. É possível ver aqui, várias reviews de pessoas trans que comentam sobre a obra. Alias, como sugestão a Editora brasileira, seria bacana ao fazer a capa nacional, buscar uma jovem trans brasileira e também, buscar reviews desses jovens, para que possam dar a sua opinião sobre o livro. Ah, um hot site explicando detalhes sobre o que é uma pessoa trans, seus sentimentos, depoimentos, também ficaria bem legal (#ficaadica, hehehe).

Na literatura, entre os anos de 2016 e 2017 aumentou o número de obras que discutem essa questão. Entre os livros de Não-Ficção está o "Meu Nome é Amanda" escrito pela youtuber Amanda Guimarães. Além disso, em 2016 lançado pela Record, Temos "George" que conta a história de uma garotinha de 10 anos que está começando a se reconhecer como uma pessoa trans. Já em 2017, além de "Apenas uma Garota", a Editora Seguinte confirmou o lançamento para abril, de "Fera", a história retrata a vida de uma adolescente super doce e educada, e a sua aproximação com um jovem que é visto como a "Fera" da escola, porém essa adolescente é Trans.

Com certeza essas obras vem para tentar quebrar a barreira do preconceito ainda existente em nossa sociedade. Preconceito esse que mata. Em 2016, por exemplo 144 travestis foram assassinados (somente por serem travestis e transgêneros). Isso sem contar a marginalização que essas pessoas vivem, e que acaba levando-as a óbito.

Recomendado Para Você

0 comentários

Comente com o Facebook

Instagram