Especial: Cinco livros que teria como Musica Tema The Cure da Lady Gaga

abril 18, 2017 / Francisco Soares Chagas Neto /

Música lançada durante o festival Coachella no Canadá fala sobre o poder que o amor tem de curar sempre. Nessa perspectiva trazemos cinco livros, no qual a música se tornará sim uma ótima trilha sonora enquanto você ler, confira:




A cantora Lady Gaga sempre dá um jeito de surpreender a todos os seus fãs e deixando a imprensa sempre em pavorosa. Dessa vez, foi no festival Coachella, na madrugada do domingo de páscoa, quando ela foi a atração principal e entoou o refrão "If I can't find a cure I'll, I'll fix you with my love, No matter what you know I'll, I'll fix you with real love". Essa música que ninguém conhecia até então é simplesmente seu single "The Cure", lançado de surpresa durante a sua a apresentação.

E horas depois, aquele que promete ser o Hit do verão no hemisfério Norte já estava no 1º lugar do Itunes nos Estados Unidos, e também no Brasil. E de acordo com Kworb, existe a perspectiva que a música, que se aproxima aos acordes da música pop que alguns fãs sentiam falta, seja a música mais vendida da semana, e praticamente sem divulgação nenhuma (O Poder da Mother Monster).

Enfim, o ponto é que a música que fala sobre o amor, e seu poder de curar qualquer as pessoas, até mesmo as sãs, nos inspirou a fazer uma lista de cinco livros, no qual ela poderia ser facilmente trilha sonora. Então, adicione-a no seu spotify, e aperte o play na sua leitura:





SING - Vivi Greene: Parece que "The Cure" poderia ter sido uma música escrita por Lily Ross, a protagonista de Sing, uma cantora que estava no mainstreaming, porém a sua vida amorosa não andava da mesma forma. Ela sempre escrevia sobre os seus relacionamentos em suas músicas, porém eles acabavam não durando muito, e assim ela sofria que nem uma condenada, até que numa dessas idas e vindas, vai para uma ilha distante e encontra aquele que pode ser finalmente a sua cura, ou não? quem sabe? Confira a nossa resenha.



JUNTANDO OS PEDAÇOS - Jennifer Niven: Jack tem prosopagnosia, Lilly é obesa, ambos tem bastante problemas que parecem ser impossíveis de serem resolvidos, porém aos poucos eles podem descobrir que juntos eles podem superar os obstáculos que a vida resolveu lhe impor, com muito bom humor é claro. Confira nossa resenha



PILULAS AZUIS - Frederik Peeters: A narrativa é autobiográfica, vai contar o relacionamento do próprio Frederik com a sua atual esposa. Como eles se conheceram e se reencontraram muito tempo depois, porém agora ela havia se tornado portadora de HIV, e assim Frederik deveria lidar com seus sentimentos e medos, e claro desconhecimento, pois muitas pessoas não imaginam que é possível haver um relacionamento sadio entre um soropositivo e soronegativo, sem que haja a transmissão. Porém, somente a força do amor poderá superar os preconceitos impostos pela sociedade. Confira resenha completa.



ONE MAN GUY - Michael Barakiva: Alek é judeu e vive no mundo culturalmente diferente do que estamos acostumados, Ethan é um cara descolado e vê as coisas de maneiras mais relaxadas possíveis. Os dois se encontram e começam a nutrir sentimentos um pelo outro, porém Alek tem medo de que isso vá ofender à sua família, sua cultura, porém mesmo assim ele quer viver esse amor. A história é leve, e a cura nesse caso vale mais para o Alek que precisa superar os seus medos, até porque quando tudo finalmente chega o final, ele fica bastante surpreso com a atitude de seus pais, e nós também. Confira resenha aqui.



SWAY - Kat Spears: Sway é apelido de Jesse, um garoto que é uma espécie de empresário da delinquência, ele é traficante, ele faz negócios escusos como provocar expulsão de alunos da escola, ou ainda aproximar caras "fodões" com as garotas que quiserem, porém o que ele não imaginava é que num desses trabalhos, fosse se apaixonar pela "garota perfeita". Mas então, será possível que ela consiga se a cura de Sway dessa vida que aparentemente não tem mais retorno? Confira a nossa resenha.

É isso galera, trouxemos a vocês cinco livros com aspectos diferentes, no qual "I'll fix you with real love" (Eu consertarei você com meu amor verdadeiro). Será?


Recomendado Para Você

0 comentários

Comente com o Facebook

Instagram