Resenha: Aquivos e Memórias Twin Peaks: Brad Dukes

abril 10, 2017 / Redação SOODA /

Com ares de documentário, o livro chega ao Brasil em uma narrativa que envolve a voz de mais de 100 entrevistados que estavam diretamente ligados a produção da série



A pergunta que não saía da cabeça de mais de 30 milhões de jovens norte americanos que assistiram o primeiro episódio de Twin Peaks em 08 de abril de 1990 era: Quem matou Laura Palmer? Depois disso, o número de pessoas que se fazia essa pergunta cresceu em todo o mundo. Porém, ao longo de cada capitulo assistido, essa pergunta dava lugar a outra: O que "diabos" é Twin Peaks?

A série que revolucionou o modo de fazer narrativas para a televisão, começa a contar a história de uma jovem extremamente popular que fora assassinada na cidade de Twin Peaks, localizada em washington. Para resolver o mistério o FBI foi acionado, então o Detetive Dale Cooper se torna responsável pelo caso. A questão é que o ocultista e excêntrico detetive que também é recheado de maneirismos e possui um amor muito grande por café e torta de cereja, passa a descobrir ao longo de sua investigação que Twin Peaks deve ser vista além de suas aparências. Cada pessoa que possui um aspecto normal, esconde por traz facetas que beiram o sobrenatural e surreal.

Após seu piloto, o seriado criado por David Linch e Mark Frost teve uma temporada de sete episódios cravada na perfeição, levando a ABC, o menor canal da tríade da televisão aberta norte americana naquele período, a uma das maiores audiências em 1990, conseguindo assim uma segunda temporada com mais 22 episódios.



Depois disso, não se falava em outra coisa senão Twin Peaks, que acabou ganhando Emmy,Globo de Ouro e indicação ao Grammy, sem contar outras dezenas de premiações.

Infelizmente, depois da descoberta do assassino de Laura Palmer próximo a metade da segunda temporada, a série viu sua audiência despencar, além de suas mudanças constantes (tipo o que o SBT faz com sua programação por aqui), dificultando que seus fãs a acompanhassem. Tudo isso culminou no cancelamento da série em 1991.

No Brasil, a série foi transmitida pela Globo depois do Fantástico, mas depois de imensos cortes, ela simplesmente foi cancelada, voltando anos mais tarde nos canais fechados e na Rede Record,atingindo assim o seu status de cult por aqui.

Porém, a série já estava eternizada no coração de seus fãs, influenciando outros fenômenos como Arquivo X, e o mais recente American Horror History. Um desses corações tocados foi de Brad Dukes, que resolveu depois de alguns anos começar um intenso projeto de pesquisa sobre o seriado, que culminou no "Arquivos e Memórias: Twin Peaks" lançado nesse ano aqui no Brasil pela Darkside Books.



UM IMENSO DOCUMENTÁRIO SOBRE A SÉRIE

O livro tem uma narrativa peculiar, assim como a série, onde sua história é basicamente contada através de depoimentos, isso porque, o autor fez mais de 100 entrevistas para o projeto, entre produtores, atores (inclusive alguns que morreram depois), roteristas, figurinistas, responsáveis pela trilha sonora, e até mesmo um dos criadores, Mark Frost.

A cada inicio de capitulo, o autor da um panorama geral com as suas palavras para que a gente compreenda o que será abordado, depois deixa que os entrevistados falem, e normalmente falam muito, é como se fosse um imenso documentário, onde as vozes dos personagens foi o ponto crucial da estrutura da narrativa é inteligente, porque entramos no universo da série de modo pouco visto em livros nesse formato.



Estamos de lado de cada detalhe, o qual faz a gente ficar cada vez mais impressionado com a dimensão e grandiosidade de Twin Peaks. Desde o seu inicio dificultoso, a sua quase recusa por parte de muitos produtores da ABC, o seu desenvolvimento, que culminou em um sucesso inimaginável, mostrando a importância desse casamento dos criadores que se mostrou perfeita. A integração dos autores, seus problemas com alguns roteiristas, a pressão da ABC em revelar o assassino de Laura Palmer, o afastamento dos criadores, o momento que começou a desandar, até um final épico e seus efeitos no dia de hoje.

Além disso, imagens de vários arquivos compõem a obra, deixando ela um pouco mais leve. Esse casamento entre texto e imagem deixou esse livro de certa forma bem mais acessível, permitindo que até mesmo as pessoas que não conheçam a série possam ficar fascinados da maneira como tudo foi conduzido. Alias, essa obra, apesar de ser imensamente voltada para fãs, pode servir como uma ótima fonte de pesquisa, para aqueles apaixonados por séries, ou ainda que estudam e/ou trabalham na área, porque mostra vários detalhes técnicos que contribuem para o aprendizado e conhecimento sobre a produção de um seriado de grande vulto, como foi esse.



Esse livro foi lançado no Brasil no tempo certo, próximo do lançamento da nova temporada de Twin Peaks que agora vai ao ar pelo canal Showtime. Os fãs aguardaram 26 anos para isso e estão com a expectativa no ares, até porque os criadores David Lyinch e Mark Frost encabeçam o projeto, além de dezenas de atores, incluindo o próprio Dale Cooper. (Chega logo 21/05)

Arquivos e Memórias: Twin Peaks é sim hoje a obra mais completa sobre a série lançada no Brasil, que poderá trazer o espirito de Laura Palmer (ou de Bob também) para nossos lares, mostrando que a cultura pop ganhou não um seriado, mas uma entidade que ficará guardada no coração dos fãs, e na alma das produções seriadas desde 1990, até a eternidade.

Arquivos e Memórias - Twin Peaks (Reflections: An Oral History of Twin Peaks)
Autora: Brad Dukes
Editora: Arquivos e Memórias - Twin Peaks
Ano: 2017
Skoob: 4,4 Estrelas / Goodreads: 4,19 Estrelas
Compre Aqui
04 Estrelas
Em Twin Peaks [Arquivos e Memórias], a verdadeira história oral da pacata cidade madeireira é escrita e pesquisada por um filho nativo. Brad Dukes investigou a fundo os segredos daquele microuniverso surreal, e promete esclarecer todas as nossas dúvidas sobre Laura Palmer, Bob e o agente Cooper. O livro traz impressões inéditas e exclusivas do cocriador da série, Mark Frost, e dos principais membros da equipe e do elenco, como Kyle MacLachlan, Sheryl Lee, Joan Chen, Sherilyn Fenn, Piper Laurie, Michael Ontkean, Ray Wise e Billy Zane, entre muitos outros. Twin Peaks chega à DarkSide. Este, definitivamente, é um livro essencial. O café e a torta de cereja perfeita para os fãs dessa sombria cidade.
Autor: Brad Dukes é jornalista e seu amor pelo seriado Twin Peaks aconteceu quando ele era bem jovem.

Recomendado Para Você

0 comentários

Comente com o Facebook

Instagram