Discussão: Provas que Milésimo Andar é Gossip Girl do Futuro

maio 05, 2018 / Redação SOODA /

Trilogia escrita por Katharine Mc Gee mostra uma Nova York tecnologicamente evoluída, mas com a mesma elite decadente de Gossip Girl




É impossível não reconhecer a imponência de Nova York. Conhecida pelos seus grandiosos prédios e o seu ritmo pulsante, a cidade possui 8,8 milhões de habitantes, sendo extremamente sedutora para todos eles, seja pelo seu aspecto multicultural, ou pelo luxo envolvente, que são mostrados a dezenas de anos nas telas do cinema. Se tem uma coisa que Bonequinha de Luxo nos ensinou, foi amar Nova York.

Manhattan vista do Empire State Building. / Foto de Patrick Theiner (Licença CC-BY-SA 3.0). - Retirado do Site: https://brasil.elpais.com/brasil/2018/01/19/internacional/1516368558_475720.html?rel=mas

Porém a megalópole estadunidense continua crescendo. Juntamente com as dezenas de problemas das grandes cidades. E como usar a tecnologia para melhorar esses problemas? Que tal construir um edifício de 1 mil andares e 2 km de altura ? (na verdade seriam 5 km, mas vão perdoar a licença poética). Como a população se integraria a esse enorme prédio que teria o topo dele entre as nuvens? Bom, para aqueles que acreditam na Torre de Babel, já fora mostrado que talvez essa ambição humana não é algo a ser perpetuado. E Katherine Mc Gee descreve em sua história exatamente isso. Uma Nova York ambiciosa e sedutora, porém com uma moralidade bem baixa. Isso não lembra algo?

"I KNOW YOU LOVE ME, XOXO, GOSSIP GIRL"

A série estadunidense baseada nos livros de Cecily Von Ziegesar, mostra a elite de estudantes de Manhattan, onde o luxo impera, lado a lado com a falsidade, trapaça e discórdia. Mostra que o homem com o dinheiro, pode utiliza-lo para os fins mais escusos possíveis. A riqueza não traz felicidade, mas muitas tramoias para continuar "por cima da carne seca". O que talvez não possa ser diferente daqui a 100 anos, como mostrado por Mc Gee. Por isso listamos algumas provas que mostram que Milésimo Andar é o Gossip Girl do futuro. Vale ressaltar, que a proposta não é mostrar que um livro seja plágio do outro, mas que as referências estão presentes e poderão se tornar reais, visto que muitas situações apresentadas em Gossip Girl ocorrem cotidianamente.

BLAIR WALDORF É VOCÊ?



Além de mesquinha, Blair é egoísta, egocêntrica e quer ser sempre o centro das atenções. É claro que não podemos negar também que ela possui uma habilidade grande em resolver problemas (e cria-los também), e é extremamente inteligente e perspicaz. Todas essas características a tornam uma pessoa megera, que adoramos ama-la, não é verdade? E possivelmente encontraremos muitas Blair´s ao longo da vida e na história de Katharine Mc Gee. A personagem mais próxima dela é Leda. Uma das moradoras de apartamentos dos últimos andares do edifício mais alto do mundo (Na verdade existem outros iguais, inclusive em São Paulo).

Leda é impulsiva e acredita ser sempre a vitima das situações. Ela não percebe o seu lugar de privilegiada e sempre que pode, ela utiliza o seu dinheiro para comprar outras pessoas. Depois de ter sido abandonada após uma transa (o cara foi bem escroto, vamos e convenhamos), ela começa a fazer uma besteira atras de outra, até o retorno do jovem. Ao invés de supera-lo, ela se torna stalker-mor. E pior, ela descobre segredos dele e de outras pessoas. E ela não vai exitar em usa-los, quando achar necessário. Se ela não é aprendiz de Blair Waldorf, não sei quem mais seria. Jenny Humphrey sentiria inveja.

TAL MÃE/PAI, TAL FILHOS


VOCÊS PODEM NÃO TER ENTENDIDO NADA, MAS COM CERTEZA A BRIGA FOI FEIA. HAHAHHHAHAH !!!

Com certeza, uma das maiores questões entre os seres humanos é perceber como seus pais são, e tentar ser diferente. Porém, como dizia Elis Regina "Minha dor é perceber/ Que apesar de termos/ Feito tudo o que fizemos/ Ainda somos os mesmos/ E vivemos/ Ainda somos os mesmos /E vivemos/ Como os nossos pais". Em Gossip Girl e O Milésimo Andar, os filhos são como seus pais em muitos aspectos. Podem trair, ser mesquinhos, ambiciosos ao extremo e por aí vai. E não adianta. Do luxo vieram, no luxo querem ficar. E vão fazer de tudo para manter seus status na sociedade. Talvez por isso, a sociedade evoluiu muito pouco moralmente em 100 anos, apesar de todos os aparatos tecnológicos.

A TECNOLOGIA SEMPRE É USADA PARA FINS PRIVADOS



Dizem que a tecnologia sempre vem para facilitar a vida de todos. Pode até ser verdade. Mas com certeza ela vem beneficiar mais aqueles que podem pagar por ela. Em Gossip Girl isso é facilmente reconhecido. Celulares de última geração, carros que fazem tudo para você, e claro, essa vida glamourosa dá uma gama de possibilidades a quem pode usufruir do dinheiro. Melhoresf escolas, universidades. Coisas que uma pessoa mediana, quase nunca terá a mesma facilidade que um privilegiado. E nem pode. Pesquisas afirmam que se todas as pessoas no mundo fossem consumidores como os estadunidense, precisaríamos de 4,5 terras para nos sustentar (Ver mais).

Assim como Gossip Girl, em Milésimo Andar as pessoas mais abastadas tem acesso a tecnologia de ponta. Os outros, são os outros. Nesse sentido, inclusive tem uma cena bem marcante, de uma jovem que é moradora do 30º andar e está com um Tablet, enquanto a maioria usa a tecnologia em sua lente de contato. E o que acontece? Todos olham torto a ela, por ter um equipamento tão ultrapassado. Nada que seja diferente dos dias de hoje.

E não é só isso, a tecnologia é usada a todo tempo para seus fins escusos. Leda contrata um Hacker para conhecer mais afundo o seu ex. O próprio hacker se utiliza da tecnologia para se dar bem na vida. Avery foi criada geneticamente para ser uma pessoa perfeita, tendo o que é de melhor do seu pai e sua mãe. O pai de Eris cresceu sendo um cirurgião plástico. O próprio prédio de 1.000 andares não foi construído para que coubesse toda a população de Nova York, mas para que os ricos e nobres tivessem o seu espaço exclusivo. Então, esse é o tipo de história que faz a gente perceber que o problema não é a tecnologia em si. Mas as pessoas.

FESTAS DIVINAS E LUXUOSAS



Para aqueles que se apaixonaram por Gossip Girl é impossível não ter babado com as festas que aconteciam por lá. Seja em Boate, ou nas Private Party, o requinte e luxo da elite de Nova York com certeza é admirável. E Katharine Mc Gee acredita que daqui a 100 anos não será muito diferente, pelo menos ela escreve sobre isso. Então, durante o primeiro livro acontecem duas festas de arrombas produzidas nos últimos andares do edifício. E-que-festa ... Elas são do tipo #luxonivelhard, ou #saidaquipobreza. Tudo perfeitamente pensado para impressionar. Porém, assim como em Gossip Girl, sempre acontece algo que não estava no script. Algo "cabeludo" acontece, que pode mudar os rumos da história, ou quem sabe, do segundo livro (huehuheuheuhe).

A CAPACIDADE DE SE METER EM ENCRENCAS



Amigos brigam, amigos se reconciliam o tempo todo. Num mundo de luxo e requinte é comum um querer aparecer mais do que o outro, então as brigas e trairagens acontecem o tempo todo. E diferente de nós meros mortais, que brigamos, as vezes ficamos de bem, as vezes não. Lá eles tem que ficar de bem, porque o mundo com certeza gira mais rápido do que para todos nós, e como diz na capa do livro "Quanto mais alto você está, pior a queda". Então para sobreviver a essa elite moralmente duvidosa, é necessário muito "jogo de cintura" e falsidade. Tanto em Gossip Girl dos dias de hoje, como em Milésimo Andar em 2118.



Gostaram?? Que tal dar uma chance para essa história e tirar suas próprias conclusões? Clique na imagem acima e adquira o seu exemplar !!!

Recomendado Para Você

0 comentários

Comente com o Facebook

Todas As Postagens

Resenha

Soodacast

Instagram