Resenha: Objeto Sexual - Jessica Valenti

julho 06, 2018 / Rafael Lutty /

As memórias de Jessica Valenti são um convite à reflexão e uma adição à quebra do patriarcado




Objeto Sexual é um livro que traz as memórias de Jessica Valenti, feminista, colunista com textos publicados nos principais jornais do mundo e autora best-seller. O que Jessica faz em seu livro de memórias é simplesmente escancarar a porta de sua vida nos mostrando as inúmeras situações as quais ela foi exposta durante a infância, juventude e vida adulta. A autora abre o livro refletindo sobre a “maldição” que parece cercar as mulheres de sua família, as quais foram vítimas de abusos por parte de homens da família e de fora dela. Jessica nos mostra de maneira indireta que as raízes do patriarcado estão tão profundas histórica e culturalmente, que muitas vezes a mulher nem se dá conta de que está sendo vítima de algo.



Diversas das memórias descritas pela autora, são do seu período em várias universidades, regado a álcool e drogas, relacionamentos rasos e incontáveis casos de assédio e abuso. A autora não faz deste um livro feminista com conteúdo histórico, análise social, base bibliográfica... não. O que Jessica Valenti faz, é utilizar a própria experiência e situações vividas para ilustrar o quanto as mulheres têm seus direitos e limites violados apenas por ser mulher. O quanto a sociedade cobra estas mulheres para se encaixarem em padrões pré-estabelecidos pela família, pelos amigos, por qualquer pessoa que não a própria mulher.



Talvez o leitor assuma, ao ler algumas coisas pelas quais a autora passou, que muitas vezes foi culpa dela estar numa situação “x”, mas se pode culpar alguém que por muitas vezes sequer se considera “alguém”? Pois é assim que a autora se sente em várias situações. Tentando preencher vazios que ela nem sabia que existiam. Entre os diversos temas explorados no livro, temos o aborto, a sexualização precoce de meninas, a reprodução do patriarcado pela família e estupro.



Objeto Sexual é desses livros que você termina de uma só vez. Depois que se começa a ler, é impossível largar antes da última página. Talvez por ser muito próximo, muito cru, muito real. A realidade que Jessica Valenti descreve não está distante, é reproduzida em cada escola, universidade, trabalho, família... E por isso mesmo, torna-se um livro necessário para o debate feminista, por expor e falar sobre temas que o patriarcado não está disposto a ouvir. É gratificante ver essa enxurrada de livros sendo publicados aqui no Brasil com a temática feminista. É hype? É a tal da “modinha”? Pois já estava na hora de chegar. Quanto mais se debater sobre os direitos da mulher, quanto mais de respeitar o “lugar de fala”, os direitos, o espaço, o “não”, o modo de se vestir, o comportamento, enfim, mais próximos estaremos de viver em um mundo em que uma mulher não precise ter medo de sair na rua por causa de um homem.


Ficaram interessados? Adquira o livro clicando na foto acima, e ajude esse lindo blog a crescer!
Objeto Sexual (Sex Object)
Autora: Jessica Valenti
Editora: Cultrix (Grupo Editorial Pensamento)
Ano: 2018
Skoob: 3.6 Estrelas / Goodreads: 3.6 Estrelas
Compre Aqui: Amazon, Saraiva
05 Estrelas
Nesta sincera autobiografia, Jessica Valenti, uma das feministas mais proeminentes da atualidade, explora o preço que o machismo cobra na vida das mulheres. Dos assédios em transportes públicos e o medo do sucesso ao despertar sexual e a maternidade, Objeto Sexual revela os momentos dolorosos, constrangedores, e às vezes “fora da lei”, que moldaram o período da adolescência e de jovem adulta de Valenti na cidade de Nova York. Visceral e emocionante, Objeto Sexual, não apenas conta as histórias vividas pela autora, mas reproduz as que se repetem todos os dias, na vida de milhões de mulheres objetificadas ao redor do mundo.
Autora: Jessica Valenti é colunista do jornal The Guardian, no qual escreve sobre gênero e política. Em 2004, ela fundou o premiado site Feministing.com, que o Columbia Jounalism Review chamou de “muito superior a quase toda a produção literária sobre questões femininas na grande mídia”. Seu trabalho apareceu no The New York Times, Washington Post, Tha Nation e Ms. Ela é autora de vários livros, incluindo o best-seller Full Frontal Feminism. Mora no Brooklyn com o marido e a filha.

Recomendado Para Você

0 comentários

Comente com o Facebook

Todas As Postagens

Resenha

Soodacast

Instagram